Vereadores acreditam que De Paula é essencial para evitar racha no PSDB

‘Ficou todo mundo calmo’, disse presidente municipal

A eleição de Sérgio De Paula, secretário especial de articulação política do governo Reinaldo Azambuja como presidente regional do PSDB, foi bem recebida pelos vereadores tucanos de Campo Grande, segundo comentários dos parlamentares nesta terça-feira (23).

Para o Delegado Wellignton, é importante que o partido tenha chegado ao consenso. “Esse não é o momento para divergências. Não podemos ter rachas, porque precisamos fortalecer o partido”.

Apesar de não ter ido a reunião que anunciou o novo líder, André Salineiro comentou a decisão do diretório. “Deve ser interessante para o partido o nome do De Paula. Talvez para evitar alguns rachas que poderiam ter”, limitou-se a declarar.

Presidente municipal, o vereador João Cesar Mattogrosso disse que De Paula era o consenso. “Ficou todo mundo calmo. Está apaziguada e essa é matéria vencida. Todos estão no mesmo navio. E eu digo navio porque se fosse barco não caberiam todos, que o PSDB é grande”, brincou.

Anúncio

O nome de consenso do PSDB para assumir a presidência estadual do partido a partir do dia 4 de maio foi anunciado na segunda-feira (22). Sérgio de Paula já trabalha para construir a diretoria executiva da legenda. Segundo ele, sua pretensão é de que os três deputados federais e os cinco estaduais da sigla façam parte da chapa.

Além disso, o secretário Especial de Articulação Política do Governo do Estado afirmou que já tem um nome para a 1ª vice-presidência do partido. “O [deputado estadual] Paulo Correa me pediu o cargo”, disse.

A reunião contou com a presença de várias lideranças do partido, como o atual presidente do PSDB, deputado federal Beto Pereira, e da deputada federal Rose Modesto. Ambos haviam posto seu nome para concorrer ao cargo, mas optaram por não rachar o partido e encontrar um nome de consenso.

Mais notícias