Tereza diz ter carta branca de Bolsonaro e que ‘agronegócio carrega o Brasil’

Ministra participou do Siavs em São Paulo nesta terça-feira; evento contou também com a presença de Reinaldo Azambuja

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina (DEM), afirmou nesta terça-feira (27) ter carta branca para atuar em sua pasta e que o agronegócio brasileiro tem carregado o Brasil. As declarações foram realizadas durante o Siavs (Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura), que acontece em São Paulo (SP).

Além da ministra, também participaram do evento o governador sul-mato-grossense Reinaldo Azambuja (PSDB) e os governadores dos estados de Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, e São Paulo – respectivamente, Renato Casagrande, Romeu Zema, Ratinho Júnior, Eduardo Leite e João Doria.

Em seu discurso, Cristina chamou a conversa com uma “fala com amigos” e destacou a importância do agronegócio para o país, dizendo que o setor tem carregado o Brasil e é visto com bons olhos pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Ela também ressaltou a liberdade de atuação que tem recebido de Bolsonaro. Tal carta branca tem possibilitado, segundo Tereza, que o ministério aja de forma técnica, adotando as medidas que acreditam ser necessária para o desenvolvimento do setor.

Dando prosseguimento a sua fala, a ministra encorajou os produtores presentes no Siavs a investir no país, frisando que os problemas envolvendo o setor são poucos. Ela também aproveitou para comemorar os recentes acordos fechados pelo Brasil e Mercosul – que ainda passam por reanálise, que deve demorar até seis meses.

Por fim, Tereza também parabenizou Mato Grosso do Sul por montar um estande no evento. “Isso demostra que o Estado está atento à atividade que emprega e gera renda, que utiliza o milho que nós colhemos lá, enfim, olhando pra fora e não só para dentro. Está se capacitado mais e se mostrando mais”, conclui.

*com informações da CBN SP

Mais notícias