PSL confirma que concorrerá prefeitura de Dourados e anuncia pré-candidato

Senadora participou da campanha de filiação do partido na manhã deste sábado em Dourados

O PSL (Partido Social Liberal) deve lançar a candidatura a prefeitura de Dourados nas próximas eleições. Em coletiva, na manhã deste sábado (17), na Câmara Municipal de Dourados, ondo ocorreu a campanha de filiação do partido, a presidente da sigla e Senadora por Mato Grosso do Sul, Soraya Thronicke disse que há a intenção de colocar um nome para concorrer no município.

“O nome em Dourados para pré-candidatura é Aristeu Carborano, é o presidente do partido, é o nome que a nacional aprova”, disse a senadora que ainda revelou o projeto para a vice.

“Nós estamos buscando uma vice, de preferência mulher e que não esteja no meio político. Queremos uma vice que seja profissional liberal, empresária, até mesmo funcionária pública que tenham responsabilidade, que sejam honradas na cidade. Importante colocar que todos os candidatos terão suas fichas analisadas”, completou.

De acordo com Soraya, o PSL vem conversando em todos os municípios, mas a ordem é lançar apenas candidatos que sejam aprovados pelo partido.

“Somos o partido que mais que cresce no país e estamos felizes pela qualidade pelas pessoas que caminham conosco. Nossa preocupação não é quantidade de candidatos e sim qualidade

Estamos tendo abertura nos 79 municípios e vamos lançar candidatos com segurança para ter somente aqueles que estiverem alinhados com o partido”, afirmou.

Também presente no evento, o produtor rural Aristeu Carbonaro, presidente municipal do PSL, confirmou apenas a pré-candidatura, mas não “bateu o martelo” se será ele quem disputará a eleição.

“Nós temos vários nomes no partido e estamos fazendo um planejamento. Esse nome será bem lapidado. Hoje eu como presidente do partido municipal sou o pré-candidato, mas estamos analisando para em breve colocarmos o nome que escolhermos”, disse Carbonaro que também comentou a situação econômica de Dourados.

“Dourados vive uma situação difícil financeira. Conversei até mesmo com o secretário de fazenda e ele me confirmou a situação complicada”, encerrou.

Campanha de filiação do PSL aconteceu na Câmara de Dourados (Renato Giansante/Midiamax)
Mais notícias