Senado reforçará segurança para depoimento de Moro nesta quarta-feira

Ele vai depor em audiência pública marcada por Simone Tebet (MDB) para às 8h no horário de MS

O ex-juiz e ministro da Justiça, Sérgio Moro, irá nesta quarta-feira (19) depor na CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania) do Senado. A ida de Moro acontecerá em audiência pública, a partir das 8h (horário de Mato Grosso do Sul), e a segurança será reforçada no período em que ele estiver no local.

De acordo com a senadora sul-mato-grossense Simonet Tebet (MDB), que preside a comissão, a sala 3 da Ala Senador Alexandre Costa é que deve receber Moro, que terá inicialmente 30 minutos para se pronunciar.

Em seguida, os senadores inscritos terão cinco minutos para perguntas, que serão feitas de maneira intercalada, por ordem de partido. O ministro terá o mesmo tempo para resposta e, depois, os parlamentares que assim acharem necessário terão prazo máximo de dois minutos para réplica e tréplica.

Simone ainda explica que as regras de condução foram definidas seguindo as normas regimentais do Senado Federal e informou que a lista de inscrição dos senadores que quiserem se manifestar será aberta no início da audiência.

O horário e data da ida de Moro à CCJ foi fechado na terça-feira (11) passada, dois dias após o site The Incept publicar matérias revelando conversas comprometedoras entre o ex-juiz e o procurador federal responsável pela operação Lava Jato, Deltan Dallagnol. Foi o próprio ministro que se dispôs a ir depor.

Mais notícias