Sem escolha em convenção, nacional prorroga diretório do DEM em MS

Parlamentar explicou que partido estava impedido até de fazer pagamentos por não ter renovado diretório.

Com executiva vencida desde maio e sem previsão de realizar convenção partidária, o DEM ganhou da nacional mais quatro meses para regularizar sua situação em Mato Grosso do Sul. Resolução n. º 538 de junho de 2019, assinada pelo presidente nacional do partido, o prefeito de Salvador Antônio Carlos Magalhães Neto, faz a nomeação em caráter ad referendum (sem ter passado por escolha do colegiado).

Com a renovação, a executiva em MS terá amplos poderes para praticar todos os atos pertinentes à administração partidária, inclusive os relativos ao processo eleitoral, em conformidade com o estatuto e a legislação eleitoral. O prazo vai até 10 de outubro, data limite para realização de convenção extraordinária para eleição do diretório.

Documento prorroga executiva até outubro. Foto. Reprodução.

Pelo documento, a comissão regional provisória segue com a mesma composição atual, comandada pelo vice-governador Murilo Zauith e com dois ministros em seu quadro.

Nela, seguem também os demais integrantes: o deputado estadual Zé Teixeira (vice); o ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (vice); a ministra Tereza Cristina (vice); o diretor-executivo da Anater (Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural), Marco Aurélio Santullo (secretário-geral); o ex-superintendente do Ibama em MS, Antônio de Castro Vieira (tesoureiro); e o deputado estadual Barbosinha (membro).

‘Tudo vencido’

Com dois ministros em sua composição, a executiva do DEM em MS ainda não agendou convenção partidária, ao contrário de outras legendas que há meses estão organizando diretórios. “Estava tudo vencido, não podia pagar o pessoal e tinha que renovar a executiva que possibilita o partido ir tocando até organizar a convenção”, revelou o deputado estadual Barbosinha (DEM), sobre a situação que motivou a concessão de prazo pela nacional.

O parlamentar informou ainda que a convenção não foi feita por não ser prioridade do partido, mas que a partir de agora isso será organizado. A reportagem tentou entrar em contato com o presidente do diretório, mas não obteve retorno.

Mais notícias