‘Se precisar, troco até de partido’, diz vereador sobre apoio a Marquinhos Trad

William Maksoud é vereador pelo PMN e também espera definição sobre possível fusão da sigla com o PHS

O vereador William Maksoud (PMN) afirmou ao Jornal Midiamax que seu apoio ao prefeito Marquinhos Trad (PSD) é incondicional, a ponto de cogitar mudar de partido caso em 2020 a sigla não apoie a reeleição do atual chefe do Executivo campo-grandense. Além de aliados, os dois também são primos.

“Independente de partido meu candidato é o Marquinhos Trad. Vou trabalhar pela minha reeleição e pela dele. Estou na base do prefeito e ele está fazendo um excelente trabalho”, comenta Maksoud, se posicionando como fiel escudeiro do prefeito.

Sobre as eleições, ele afirma que ainda precisa conversar com os presidentes estadual e municipal da legenda para saber a posição que o PMN tomará. “Há conversas em Brasília de fusão com o PHS, então precisamos saber se será a mesma proposta. Se em 2020 o PMN não apoiar o Marquinhos, eu saio do partido”, declara.

Maksoud, Marquinhos e o vereador Otávio Trad (PTB), sobrinho do prefeito, viajaram juntos para o Líbano no mês passado para participar de um encontro entre descendentes de libaneses. O evento, chamado Energia Diáspora Libanesa, aconteceu na capital Beirute. Todas as despesas foram pagas do próprio bolso.

Na época, Marquinhos foi substituído oficialmente pela vice-prefeita, Adriane Lopes (Patri), por 12 dias no comando da cidade. Já os vereadores tiveram o dia de trabalho não cumprido desconto de seus salários, conforme informou o vereador Carlão (PSB).

Mais notícias