Publicidade

Rocha diz que foco do MDB é reconstruir o partido e lançar nomes competitivos para 2020

‘Se André quiser terminar o mandato, pode terminar’, disse Rocha

Com reunião estadual marcada para esta sexta-feira (14), às 10h no diretório do MDB, o deputado Eduardo Rocha afirmou nesta quinta-feira (13) que o foco é reconstruir o partido e lançar nomes competitivos para disputar as prefeituras em 2020.

Sobre a ideia de adiantar as eleições para a presidência regional da sigla, Rocha negou. “Se o André [Puccinelli] quiser ele termina o mandato dele à frente do diretório. Nosso foco é discutir eleições em 2020”, disse.

Para Rocha, é preciso disputar em cidades que tenham nomes competitivos. “Em Dourados nós temos o Renato Câmara. Aqui em Campo Grande, o Márcio Fernandes. Em Três Lagoas eu não tenho a intenção de disputar, então pode ser que o MDB continue apoiando o Ângelo Guerreiro, se não aparecer nenhum nome competitivo até lá”.

Nesta semana, Márcio Fernandes disse que é possível capilarizar seu nome nas prévias para corrida eleitoral. “Agora, nada impede”, acredita. Outro nome ventilado para a disputa é da senadora Simone Tebet.

Ela chegou a ser lançada pré-candidata ao governo estadual, em 2018, mas recuou às vésperas. “Me parece que a Simone não gostaria de ser candidata porque teria planos maiores”, indicou.

Mais notícias