Não é um pacote complexo, avalia Odilon sobre previdência municipal

Vereador disse ser a favor da proposta

O vereador Odilon Júnior (PDT) afirmou nesta terça-feira (16) que deve votar a favor do projeto de reforma da previdência apresentado pelo prefeito Marquinhos Trad (PSD) à Câmara. “É apenas uma questão de simetria, não é um pacote complexo como o discutido no Congresso Nacional”, avaliou.

Júnior acredita que não há nenhum problema na aprovação da medida. “É só a questão do ajuste da alíquota, de 11% para 14%”. O projeto prevê um aumento ainda maior para a contribuição patronal, concedida pela Prefeitura, de 14% para 22%.

Previdência

Prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD) levou nesta terça-feira (16) à Câmara o projeto de Reforma da Previdência dos servidores municipais, que aumenta a alíquota de contribuição de 11% para 14%.

Presidente da Câmara, João Rocha (PSDB) afirmou que a contribuição patronal, ou seja, do município, passará de 14% para 22%. Rocha explicou que uma emenda foi apresentada ao projeto, que foi discutido entre os parlamentares e com o prefeito a portas fechadas, para que a contribuição municipal nunca seja inferior aos 22% propostos.

 

 

Mais notícias