Prefeitura precisa de R$ 90 milhões para pagar 13º de servidores de Campo Grande

Queda do ICMS e aumento na inadimplência do IPTU prejudicam receita

Prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD) explicou nesta segunda-feira (2) que a administração municipal precisa juntar R$ 90 milhões para pagar o 13º dos servidores municipais.

Com queda do ICMS de 25% para 18% e aumento na taxa de inadimplência do IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano), a Prefeitura estuda a melhor forma de realizar o pagamento. “Vai ser pago. Só estamos estudando a melhor forma de fazer isso”, disse.

Em setembro, o secretário de Finanças Pedro Pedrossian Neto, já havia afirmado que a administração encontraria dificuldades para realizar o pagamento. O caixa foi afetado devido à queda na arrecadação tanto do IPTU como do aumento de despesa com Saúde e Educação, já que profissionais foram convocados e médicos contratados para fazerem plantões.

Mais notícias