Otávio avalia projeto de hotel como ‘criativo’ para reduzir déficit e fomentar Centro

Vereador usou a tribuna para defender proposta da prefeitura

O vereador Otávio Trad (PTB) classificou como ‘criativo’ projeto da prefeitura de Campo Grande que pretende comprar e reformar o Hotel Campo Grande, no Centro, para transformá-lo em moradias populares. Na avaliação dele, a medida irá ajudar a reduzir o déficit habitacional e ainda fomentar a região central.

“É um projeto ousado, criativo, precisa sim da analise da logística do local, mas eu só vejo com bons olhos essa questão”, afirmou o vereador, que usou a tribuna da Câmara na sessão desta terça-feira (20) para informar os colegas sobre o projeto.

Além de oferecer moradia e incentivar o Centro, Trad aponta que a proposta irá arrumar ‘destino final’ para o empreendimento que, ressalta ele, está abandonado há anos. “O Pró-Moraria faz referência a essa questão de locais abandonados que possam ser desapropriados em vida útil para a população”, ressaltou.

Para Otávio Trad, o assunto poderia ser tratado em audiência pública para saber o que a sociedade pensa do assunto. “Mas eu tenho certeza de que diante da repercussão, por mais que recente, é uma resposta positiva da sociedade”, avaliou. 

Projeto

A proposta, que ainda depende de recursos federais, prevê a reestruturação do antigo Hotel Campo Grande, que possui 260 aposentos, para 117 unidades habitacionais. Das novas moradias, 57 seriam apartamentos de 30,98m² e 65 unidades de 28,15m².  

Essas moradias seriam destinadas às pessoas de baixa renda, ou seja, que ganham até 5 salários mínimos, sendo prioridade quem ganha até 3, segundo arquiteto Gabriel Gonçalves, diretor de Habitação e Programas Urbanos da Emha (Agência Municipal de Habitação).

 

Mais notícias