Deputado questiona MPMS sobre ações contra Energisa e marca 1ª reunião da CPI

Na terça, os membros da CPI devem se reunir para definirem presidência

O deputado estadual Felipe Orro (PSDB) esteve na 43ª Promotoria de Justiça de Campo Grande do MPMS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) com o promotor Luiz Eduardo Lemos de Almeida para se informar sobre ações do órgão contra a Energisa. Proponente da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) contra a concessionária, o parlamentar também marcou nesta quinta-feira (21) a primeira reunião com os membros da Comissão para a próxima terça-feira (26). 

De acordo com Orro, o encontro no MPMS serviu para esclarecer quais ações já foram protocoladas após reclamações de consumidores contra a concessionária, assim como troca de informações. Na terça, os membros da CPI devem se reunir para definir presidência, vice e relatoria da comissão.

A Comissão tem o prazo de 120 dias para concluir os trabalhos, e a pauta de reuniões e primeiras providências da investigação também serão definidas na reunião a ser marcada.

O deputado Felipe Orro disse que a comissão vai fazer um trabalho de levantamento de provas para buscar a verdade. “Nós queremos que se faça justiça, e caso seja comprovada alguma irregularidade, que a concessionária devolva valores indevidamente cobrados aos consumidores”, resumiu.

 

 

Mais notícias