No feriado, deputados se dividem entre folga e visita a diretórios visando 2020

Divisão do Estado e antecipação do ponto facultativo do Dia do Servidor rendem feriadão

Os deputados da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul se dividem neste feriado prolongado de Divisão do Estado e antecipação do ponto facultativo do Dia do Servidor para esta quinta-feira (10) entre descanso e viagens pelas bases no interior visando as eleições municipais de 2020.

Do PSL, Capitão Contar vai aproveitar para viajar e visitar os partidos. “Todo final de semana ando pelo interior e neste não vai ser diferente. Não defini ainda em que cidades, mas vamos ouvir o que a população tem a dizer”.

Márcio Fernandes (MDB) afirmou que deve ir a 4 ou 5 cidades da região norte do Estado estruturar os diretórios municipais e discutir as eleições do ano que vem.

Cabo Almi (PT) deve descansar por estar com problemas na coluna. Com dificuldades para andar, o deputado passará por ressonância e deve ficar em casa. “Viajei neste mês para Corumbá para conversar sobre as eleições e voltei com a coluna pior”, explicou.

Marçal Filho (PSDB) deve aproveitar para descansar. “Sempre vou tratar de eleições no interior, mas neste feriado eu devo descansar”.

João Henrique (PL) afirmou que trabalhará como advogado. “Atuo como parlamentar, mas também sou advogado. Então devo me dividir entre os casos dos meus clientes e estudar os projetos de Lei apresentados aqui também”.

Pedro Kemp (PT) aproveitará a companhia dos filhos. “Meu filho está terminando o TCC [Trabalho de Conclusão de Curso] e minha filha acompanha as atléticas da faculdade. Vou aproveitar para ficar mais com ele e não conversar sobre política neste feriado”, brincou.

Mais notícias