Publicidade

Na véspera de manifestação pró-Bolsonaro, Mutirão Lula Livre fará ato na Capital

Encontro de manifestantes será no cruzamento da Calógeras com a Afonso Pena

Na véspera do movimento nacional pró-Bolsonaro marcado para o próximo domingo (26), grupo intitulado Mutirão Lula Livre fará ato neste sábado (25) na Avenida Calógeras com a Afonso Pena, em Campo Grande.

Batizado de ‘Agito Lula Livre’, o evento será das 8h30 às 12h e contará com a distribuição de revistas, adesivos e informações sobre a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que os manifestantes consideram ter viés político em detrimento da questão processual.

“Vamos tomar tereré, café e saborear o famoso pão com mortadela da luta pela democracia” diz trecho do convite, divulgado pelas redes sociais e que faz parte do mutirão que acontece em todo o País.

Presidente da CUT (Central Única de Trabalhadores) em Mato Grosso do Sul e um dos coordenadores do Mutirão Lula Livre no Estado, Genilson Duarte adiantou que a manifestação deverá reunir representantes de diversas entidades de esquerda.

“A ideia nossa é todo ultimo final de semana de cada mês fazer movimentação nas cidades. Amanhã e domingo será o primeiro a nível nacional. Iremos manter o movimento o quanto for necessário para chamar atenção do Judiciário porque todos os recursos propostos pela Defesa do Lula não têm sequer julgamento digno. A gente entende que a prisão dele é política”, afirmou.

Questionado sobre a data do movimento, na véspera de manifestação pró-Bolsonaro, ele garantiu que não foi intencional. “O nosso foi aprovado mês passado em encontro nacional dos mutirões dos estados”, explicou.

Em MS, o Mutirão Lula Livre foi criado no dia 8 de abril em evento no Hotel Jandaia que contou com a presença da atriz Lucélia Santos. A iniciativa teve início dos estados no dia 7 de abril, data em que a prisão de Lula completou um ano. O evento de sábado (25) será o primeiro após a criação do comitê e os manifestantes prometem protestos até a soltura de Lula.

Mais notícias