Não pedimos, mas esperamos, diz líder sobre apoio do PSDB à reeleição de Marquinhos

Vereador Chiquinho Telles afirma, no entanto, que discussão sobre o assunto só depois do carnaval do ano que vem

Líder do prefeito de Campo Grande na Câmara Municipal, vereador Chiquinho Telles (PSD), voltou a dizer que o chefe do Executivo Marquinhos Trad (PSD), ou o partido, não pediu qualquer retribuição do PSDB, pelo apoio dado ao governador Reinaldo Azambuja, na eleição de 2018.

“Apoio político o Marquinhos não discutiu com Reinaldo, mas o PSDB tem dito ‘eu quero caminhar com o prefeito’. O PSDB é um partido forte, é governo, esperamos esse apoio”, afirmou o líder.

A pouco menos de um ano para eleição de 2020, o vereador afirma que o partido ainda não está discutindo nomes e apoios para o próximo pleito. Mas diz que a pretensão é eleger mais vereadores que possam ampliar a base do prefeito na Câmara Municipal de Campo Grande.

Na eleição de 2016, quando lançou como candidata a prefeita Rose Modesto, atual deputada federal, o PSDB conseguiu eleger ao menos 16 vereadores, contando com os tucanos e os de legendas coligadas. “Nós queremos fazer o mesmo número que o governador fez com a Rose. É natural”, disse o líder. No entanto, afirma que tratativas mais fechadas começarão somente após o carnaval.

Mais notícias