Mochi assumirá MDB em MS para deixar André ‘mais livre’ para as eleições

Partido definiu nome de consenso para eleição do diretório regional que será realizada no próximo dia 15.

O ex-deputado estadual Júnior Mochi deve assumir o comando do MDB em Mato Grosso do Sul para deixar o atual presidente da legenda no Estado, ex-governador André Pucinelli (MDB), ‘mais livre’ para a disputa eleitoral.

Em reunião da Executiva estadual na tarde desta segunda-feira (18), em Campo Grande, o nome de Mochi foi escolhido por unanimidade para candidatura de consenso que será votada por filiados no próximo dia 15 de dezembro, em convenção do partido.

De acordo com Mochi, a indicação de seu nome foi feita pelo próprio Puccinelli. “O fato dele ter o projeto de ser candidato ao Executivo, ao municipal seja ao estadual, ele quer estar mais livre, não ter a obrigação de estar todo dia vindo, fazendo atendimento de expediente do diretório”, explicou o ex-deputado.

A indicação foi submetida aos integrantes da Executiva, que aceitaram por unanimidade. Entre as condições para assumir, explicou Mochi, estava seu pré-compromisso com o deputado estadual Renato Câmara (MDB). “Eu fiz essa conversa com Renato e ele disse que por conta das eleições municipais no ano que vem, ele quer estar livre pra cuidar de Dourados e do Vale do Ivinhema representando o partido”, contou.

Após acerto de que Câmara ficará responsável pelas coordenações de campanha em sua região, o ex-deputado aceitou o convite. “Com isso nós também estabelecemos um consenso em relação à minha candidatura. Então eu aceitei e dia 15 de novembro nós iremos pra uma eleição do diretório municipal unidos com uma candidatura de consenso”, disse.

Organização 

“Houve a regularização da situação fiscal de todos os nossos diretórios municipais para não termos problema na eleição municipal”, disse Mochi sobre o MDB em todo o Estado. Segundo ele, foram realizadas convenções em 62 municípios. Em outros sete ou oito cidades onde as convenções foram suspensas, os diretórios estão em fase de regularização.

Mais notícias