Grupo fará buzinaço neste domingo contra Gilmar Mendes e por prisão em 2ª instância

Ato contará também com adesivagem

Integrantes de diversos movimentos sociais irão protestar neste domingo (17), em Campo Grande, contra decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que julgou ilegais as prisões em segunda instância enquanto houver recurso.

O evento contará com adesivagem e buzinaço em dois pontos da Avenida Afonso Pena. Às 8h30, a mobilização será na Rua 14 de Julho. Já às 17h30 a concentração será em frente ao Obelisco. Entre as reivindicações, está o pedido de impeachment do ministro do Supremo, Gilmar Mendes, e a defesa das prisões em segunda instância.

Segundo a organização do evento, são esperados integrantes do Vem Pra Rua CG, MBL (Movimento Brasil Livre), Pátria Livre, Chega de Impostos e o Voluntários da Pátria.

No último domingo (10), vários manifestantes foram às ruas em protesto contra decisão do STF que resultou na prisão de presos da Operação Lava Jato. Durante a semana, as discussões no Congresso Nacional estiveram voltadas à aprovação de PECs (Propostas de Emenda Constitucional) que revertam a decisão, inclusive retroagindo para revogar as solturas.

Também foi levantada pelos congressistas a possibilidade de convocação de uma nova Assembleia Nacional Constituinte, proposta que criou polêmica tanto no meio político quanto no jurídico.

Grupo fará buzinaço neste domingo contra Gilmar Mendes e por prisão em 2ª instância
Mais notícias