Governo abre tratativas sobre reajuste do servidor com foco no abono

Governador disse que acordo do abono termina este ano e categorias discutirão se renovam ou não

O Governo do Estado iniciou as conversas com as categorias para tratar sobre o reajuste do servidor público estadual. De acordo com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), um dos pontos principais da conversa ser a discussão sobre o abono, que hoje é de R$ 200.

“A secretaria de administração e o secretário de governo estão abrindo uma agenda de conversações. Ouvindo as reivindicações e a gente vai dialogar com as categorias para ver o que é possível ser feito no cenário que estamos vivendo hoje”, afirmou o governador.

Segundo Azambuja, o acordo que instituiu o abono para os servidores estará em discussão porque a validade dele termina neste ano e o governo pretende debater com as categorias sobre a sua renovação ou não.

“O que é a lei do abono extinguiu agora e tem que ser renovado ou não. O governo abriu essa discussão com as categorias. Estamos no limite prudencial nos gastos com pessoal. E você tem uma série de sanções da lei de responsabilidade fiscal”, reformou Reinaldo, durante agenda na manhã desta quarta-feira (17).

Em 2018 o Governo do Estado concedeu reajuste salarial de 3,04% para todos os efetivos e convocados. O reajuste foi pago para os 69.885 efetivos e cerca de 6 mil convocados.

Governo abre tratativas sobre reajuste do servidor com foco no abono
Mais notícias