Eu gostaria sim de ser prefeito de Campo Grande, diz articulador do PSDB

Chefe de gabinete do governador é um dos responsáveis pela articulação política do PSDB

O chefe de gabinete do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), Carlos Alberto Assis e um dos nomes ventilados para disputar a campanha de vice-prefeito de Marquinhos Trad (PSD) em 2020, assumiu ter vontade de ser prefeito da Capital.

O nome de Assis chegou a ser ventilado para disputar como vice de Trad, porém, nada foi confirmado ainda. O ex-secretário da SAD (Secretaria de Administração e Desburocratização) esteve na agenda do prefeito no Jardim Anache na manhã de sábado (10). Na oportunidade, ele foi chamado pela liderança do bairro, de segundo prefeito da Capital.

Sobre a possibilidade de assumir como vice-prefeito em 2021, Assis disse não existir campanha. “Não existe projeto para ser vice. Vice é escolhido dentro de uma sala, quem é melhor, quem agrega, isso é um projeto a longo prazo que passa pela executiva do partido, pelo diretório municipal do PSDB, tem muito que caminhar”.

Questionado se existe uma vontade de disputar uma futura candidatura, Assis confirmou. “Eu gosto de Campo Grande, não gosto de mentir, eu sou campo-grandense por adoção e por paixão. Amo essa cidade, quero sempre o melhor para ela. Se Deus me permitir um dia, eu gostaria sim de ser prefeito de Campo Grande ou se não, continuar auxiliando melhorias para essa cidade”.

 

Mais notícias