Embaixador confere rota para receber ministros de cinco países em Bonito 

Secretário Jaime Verruck acompanhou visita da equipe

O embaixador Orlando Leite Ribeiro, secretário de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, esteve em Bonito para conhecer os espaços que sediarão reunião dos ministros de Agricultura do Brics – grupo econômico formado por países em desenvolvimento e que conta com Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul – marcada para o mês de setembro.

A visita foi acompanhada do titular da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Jaime Verruck, e ocorreu na última segunda-feira (22), mas foi divulgada somente nesta quarta-feira (24) pelo Governo do Estado.

Na visita, comitiva com equipe do embaixador conheceu pontos turísticos que serão incluídos na agenda do evento, que deve durar dois dias. Eles estiveram ainda nas propriedades onde atividades produtivas são realizadas de forma integrada: com lavoura, pecuária, floresta e atividades turísticas, para conhecer o potencial competitivo e sustentável do Estado.

Exportações

O tema do encontro dos ministros será a ‘Promoção da Inovação e Ações para o Desenvolvimento de Novas Soluções para Sistemas de Produção de Alimentos’. A intenção é discutir questões bilaterais e uma agenda comum nos temas ligados à produção. Entre elas, o acesso de lácteos brasileiros para a Rússia, a exportação de frutas para a Índia, de proteínas animais para a China e de carnes de aves para a África do Sul. 

“Bonito será visto por representantes de países que, juntos, somam 40% da economia mundial. Alguns de nossos principais destinos turísticos serão divulgados nesses países, em grandes canais de comunicação, o que torna a escolha da agenda, algo estratégico para que possamos extrair o máximo dessa visita”, destacou Jaime Verruck sobre a escolha do município como sede. “Eu acredito que a agenda em Bonito será inesquecível para todos”, concordou o embaixador.

O encontro em Bonito acontecerá meses após o Mercosul, bloco regional integrado pelo Brasil, confirmar acordo com a União Europeia no intuito de derrubar barreiras tarifárias e aumentar a integração dos mercados.

Entre os principais produtos brasileiros exportados, estão os ligados ao setor primário, base macroeconômica de Mato Grosso do Sul. Além disso, também deve ser discutindo em setembro a criação de um novo banco de desenvolvimento entre os países que integram o bloco dos Brics. (Com assessoria)

Mais notícias