Políticos e empresários de MS acompanham lançamento do Aliança pelo Brasil

Vereador e deputados estão no lançamento do partido

Os deputados estaduais Coronel David e Capitão Contar, atualmente no PSL, acompanham nesta quinta-feira (21) o lançamento do Aliança pelo Brasil, partido do presidente Jair Bolsonaro. Além deles, seguiu para Brasília o vereador Vinícius Siqueira (DEM), que já demonstrou intenção de integrar a nova sigla.

Pelas redes sociais, o deputado Coronel David mostra o evento (Instagram)

Também está na capital federal o empresário Rodolfo Nogueira, ex-presidente do PSL em Mato Grosso do Sul. Do local, Siqueira diz que deve ajudar na formação. “Provavelmente eu vou fazer a coleta de assinaturas para ajudar na criação do novo partido”.

Segundo o parlamentar, a lei exige percentuais de assinaturas em todos os estados e ele ajudaria em Mato Grosso do Sul. Também de MS, o deputado federal Loester Trutis, assim como a senadora Soraya Thronicke, deve permanecer no PSL.

Em sua rede social, em 13 de novembro, o deputado afirmou ser contra a criação de um novo partido. O diretório estadual de Mato Grosso do Sul, dirigido pela senadora Soraya, explicou em nota que os mandatos dos eleitos pelo PSL pertencem ao partido.

Presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, que apesar de ter se desentendido com Bolsonaro, teria orientado os parlamentares a continuarem a apoiar o presidente. Próximo da senadora, Bivar auxiliou na articulação política da sigla no Estado para que a parlamentar assumisse a presidência regional do partido.

“Bivar falou lá em cima e é sem exceção: em todas as pautas, independentemente da decisão do presidente (de sair ou não do partido), quem ficar é para continuar votando”, garantiu a senadora. Segundo ela, ainda que haja divergências internas no partido, a situação vai se resolver: “Todos os do PSL são Bolsonaro. É apenas uma briga de partido”, avaliou.

 

Mais notícias