Em Brasília, Marquinhos diz que garantiu R$ 90 milhões em verbas para Campo Grande

Para as áreas de infraestrutura, saúde e agricultura familiar

Durante reunião na manhã desta quarta-feira (16) com a bancada de deputados federais e senadores de Mato Grosso do Sul em Brasília, o Prefeito Marquinhos Trad garantiu R$ 90 milhões em investimentos para Campo Grande em 2020.

Do total de recursos serão R$ 64 milhões para infraestrutura, R$ 20 milhões para saúde e R$ 6 milhões para a agricultura familiar.

“Eu agradeço a bancada federal pela sensibilidade ao acatar nossas reivindicações. Eles entenderam a importância deste recurso para Campo Grande, capital do Estado e onde reside um terço da população de Mato Grosso do Sul”, declarou o prefeito Marquinhos Trad.

De acordo com Marquinhos, na saúde, o recurso será aplicado para custeio, garantindo a reforma de UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e postos de saúde, bem como a compra de medicamentos. Já a agricultura familiar será beneficiada com a compra de máquinas, que fortalecerão as cadeias produtivas.

A bancada federal é composta pelos senadores Nelsinho Trad, Simone Tebet e Soraya Thronicke, e deputados federais: Beto Pereira, Bia Cavassa, Dagoberto Nogueira, Fábio Trad, Loester Trutis, Luiz Ovando, Rose Modesto e Vander Loubet.

Sudeco

Na segunda agenda da manhã, o prefeito, secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fiorese, e a coordenadora da Central de Projetos, Catiana Sabadin, participaram de reunião na Sudeco (Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste). O encontro teve por objetivo solicitar recursos para construção de pontes de concreto para zona rural de Campo Grande e apoio no fomento do estudo de viabilidade do corredor bioceânico.

A Prefeitura tem por objetivo garantir recurso para 23 pontes de concreto. Já foram contratados 15 projetos executivos e outros oito serão licitados. Destas, três pontes atenderão o Rio Anhandui, na divisa com Nova Alvorada do Sul e próximo a BR-267. A região atende a produção de soja na Capital, com grande tráfego de caminhões para escoar a produção.

Mais notícias