Ele se chocou como eu me choquei, diz Soraya sobre vídeo postado por Bolsonaro

Senadora de MS defende que presidente tem o direito de se expressar

Senadora Soraya Thronicke e deputado Tio Trutis defenderam postagens do presidente. (Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal)

A senadora de Mato Grosso do Sul Soraya Thronicke (PSL) também defende Jair Bolsonaro por ter publicado no Twitter um vídeo em que dois foliões gays praticam atos obscenos em público. A parlamentar diz que o presidente tem o direito de se expressar e que ele estaria sendo hipócrita caso se omitisse.

“Ele [Bolsonaro] se chocou assim como eu me choquei [ao ver o vídeo]”, disse Soraya ao Jornal Midiamax, nesta quarta-feira (6). “O que me choca é ter gente se incomodando com o fato de o presidente haver se expressado. É triste isso. As pessoas querem ver alguém que mente, que é disfarçada”.

Segundo a congressista, as imagens estavam sendo compartilhadas nas redes sociais e o “Brasil inteiro” já as tinha visto. Soraya fez questão de destacar que a sexualidade das pessoas que aparecem no vídeo não estava em discussão. “As pessoas estão tão acostumadas com gente hipócrita que isso virou uma virtude, ser hipócrita”, dispara.

Ao concluir, a senadora afirma que não vê nada demais na publicação do vídeo pelo presidente. “As pessoas ficam fazendo escândalo por causa de uma bobeira. Ele é uma pessoa como qualquer outra, ele tem o direito de se expressar. Ele é um presidente que se comunica muito”, justifica.

Entenda

Na terça-feira (5), o presidente da República publicou um vídeo com um folião que aparece dançando sobre um ponto de táxi após introduzir o dedo no próprio ânus. Na sequência, surge outro que urina na cabeça do que dançava.

“Golden Shower” rapidamente atingiu o trending topics (assuntos do momento) do Twitter no Brasil. Nesta quarta-feira (6), Jair Bolsonaro voltou ao tema ao questionar o que significa “Golden Shower” e a internet veio abaixo novamente, com uma série de comentários sobre a pergunta.

Mais notícias