Publicidade

Duarte e Câmara são pré-candidatos em Corumbá e Dourados, diz Fernandes

MDB ainda busca nomes para entrar na corrida eleitoral em Três Lagoas e Campo Grande

O MDB já definiu seus pré-candidatos às prefeituras de Dourados e Corumbá, revelou o deputado estadual Marcio Fernandes (MDB) durante sessão na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. O também deputado estadual Renato Câmara é o escolhido para Dourados, enquanto Paulo Duarte é o indicado para Corumbá.

Fernandes revela também que é André Puccinelli quem está realizando a estruturação do partido visando o pleito eleitoral do próximo ano, realizando visitas às cidades do interior. “Está filiando quem queira participar do projeto, conversando com os diretórios onde já tem algo melhor encaminhado”, frisa.

Em Três Lagoas, ainda não há nenhuma definição sobre pré-candidatura, já que, segundo o deputado, isso ficará por conta dos emedebistas Simone Tebet e Eduardo Rocha, respectivamente, senadora e deputado estadual com berço político no município. “Só faremos uma reunião maior sobre tudo isso no fim do mês”, destaca Marcio Fernandes.

Renato Câmara é ex-prefeito de Ivinhema e, em 2014, foi eleito deputado estadual pela primeira vez, sendo reeleito ano passado. Em 2016, ele concorreu a prefeitura de Dourados, segundo maior colégio eleitoral do Estado, ficando atrás do hoje secretário de Saúde, Geraldo Resende (PSDB), e da atual prefeita Délia Razuk (PR).

Já em Corumbá, quarta maior cidade do Estado e forte reduto político, Paulo Duarte é quem deve encabeçar o trabalho no município. O ex-petista já foi secretário de Governo, na gestão Zeca do PT, e prefeito de Corumbá entre 2013 e 2016. No ano passado, disputou o cargo de deputado estadual, mas não se elegeu.

Presidência do MDB e pré-candidatura na Capital

Questionado sobre o fim do mandato de Puccinelli como presidente regional do MDB, em dezembro, Fernandes garante que não há possibilidade de outra pessoas assumir antes desse período vencer, e que não soube de nenhuma manifestação do ex-governador em abdicar o cargo. “Ele gosta do que faz”, disse.

Em seguida, o deputado ainda comenta que André é uma grande liderança do MDB. “Ele está montando os times nas cidades”, finaliza. Ele também ressaltou que a decisão do partido para Campo Grande é de ter candidatura própria a prefeitura em 2020.

Mais notícias