Dos R$ 247,6 milhões em emendas para MS, R$ 22 milhões vão para BR-262 e manutenções

Remanejamento de emenda é da senadora Simone Tebet (MDB)

A senadora Simone Tebet (MDB) conseguiu a autorização do Ministério da Infraestrutura para remanejar R$ 22 milhões de emenda individual de sua autoria para destinar à manutenção da BR-262 e de trechos rodoviários em Mato Grosso do Sul. Nesta quarta-feira (16), a bancada sul-mato-grossense em Brasília (DF) definiu que vai indicar R$ 247,6 milhões em emendas impositivas para o Estado no Orçamento de 2020 da União.

O pedido foi feito para o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. “Saí da reunião animada, pois demos mais um passo nas negociações para a liberação de recursos para a BR-262”, comentou. A senadora explicou que a autorização final virá em breve, pois já consta do Projeto de (PLN 25), que será votado em sessão do Congresso. “Assim, poderemos atender, efetivamente, aos pedidos do governo estadual e do DNIT-MS”, disse.

Cada bancada pode apresentar entre 15 e 23 emendas impositivas. O número de emendas inclusas para Mato Grosso do Sul e quais as obras e locais beneficiados ainda não foram divulgados. Porém, o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), já adiantou que R$ 90 milhões devem chegar à Capital.

Quatro áreas ganharam destaque, sendo elas segurança pública, saúde, educação e infraestrutura. Obras destacadas pelo DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) como prioridade devem receber recursos, solicitados em reunião anterior.

Uma delas é o asfaltamento da BR-419, no trecho do entroncamento da BR-163, em Rio Verde, com entroncamento da BR-262, em Aquidauana. O projeto está avaliado em R$ 70 milhões e é considerado estratégico por reduzir custos logísticos, ligando Porto Murtinho ao norte do Brasil mais facilmente.

Mais notícias