Deputados de MS fazem reunião com consultor da Reforma da Previdência e secretária de Educação

Deputados enfrentam pautas sensíveis nesta quarta

Faltam três semanas para o recesso legislativo na Assembleia de MS, mas os deputados estaduais enfrentam dia de reuniões com pautas sensíveis na quarta-feira (27) na Casa. Às 8h30, os deputados foram convocados para uma conversa com a Secretária Estadual de Educação, Maria Cecília Amêndola, sobre o fechamento de mais de dez escolas estaduais.

A decisão do governo tem feito tanto a Assembleia como a Câmara de Campo Grande enfrentarem plenários cheios de alunos e pais, revoltados com as medidas. Na reunião, a secretária deve apresentar a análise do governo que justificaria os fechamentos.

Às 9h30, os parlamentares devem se reunir com o consultor da Reforma da Previdência Federal. Ele deve explicar o projeto estadual, idêntico ao federal, aos deputados e as mudanças no tempo de contribuição e aposentadoria dos servidores estaduais.

Reforma

Rinaldo destacou que governo não pediu urgência na tramitação (Renata Volpe, Midiamax)

O projeto de reforma da previdência estadual foi lido nesta terça-feira (26) durante o pequeno expediente na Assembleia para dar conhecimento aos deputados sobre a proposta. Desde o final de semana, o projeto é discutido nos bastidores e foi oficialmente apresentado na segunda (25).

Rinaldo Modesto (PSDB) afirmou que não teve tempo de olhar o projeto recentemente apresentado, mas que o governo garantiu aos deputados que a proposta é a cópia do governo federal. “Não pediu regime de urgência, então os parlamentares vão ter tempo de analisar, apesar de ter que ser votado antes do recesso. Acredito que a medida mais polêmica vai ser a alíquota discutida em 2015, mas tem que ser uma previdência aprovada em todos os Estados. Deve ser igual para todos”, opinou.

 

Mais notícias