Coronel David diz que R$ 89 milhões para o DOF era compromisso de Bolsonaro

Repasse foi entregue ao governador em exercício, Murilo Zauith em encontro com Moro

O deputado estadual Coronel David (PSL) comemorou o fato do Estado receber cerca de R$ 89 milhões em recursos que serão destinados ao DOF (Departamento de Operações de Fronteira). De acordo com o parlamentar, o repasse conquistado se deu somente ao compromisso firmado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).

O compromisso começou na visita do atual presidente a Dourados em 2017. Para os sul-mato-grossenses que apresentaram o departamento ao presidenciável, disseram que ele teria ficado impressionado com os resultados que eram obtidos e que até são pelos policiais que atuam na fronteira.

“Foi quando, naquele dia, peguei o compromisso com ele [Bolsonaro] de que ele se tornando presidente, ele nos ajudaria melhorando os trabalhos do DOF ali na fronteira. Ele soube dos problemas que a gente enfrenta”, destacou o deputado.

O repasse de R$ 89 milhões para Mato Grosso do Sul será o segundo em percentual de distribuição. O Estado só ficará atrás de São Paulo, que dos R$ 1,7 bilhão, receberá fatia de 6,66% do montante anual.

O plano teria sido organizado pelo Governo do Estado junto com a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) e foi repassado ao deputado que levou o plano para Jair Bolsonaro, em Brasília, entre os meses de maio e junho. “Na minha frente, ele ligou para o ministro Sergio Moro e falou que era prioridade o atendimento deste recurso para o MS, para o DOF”, explicou David.

Coronel David afirma que o dinheiro será integrado ao DOF como aconteceu no pedido entregue as autoridades. Mas o deputado alega que espera que se houver condições, o dinheiro também possa ser utilizado em outras frentes da segurança pública.

Mais notícias