Comissão quer unificar projetos para garantir intérpretes de Libras em UPAs de Campo Grande

Vereadores devem unir ideias em um projeto para apresentar ao prefeito

Vereadores devem se reunir com o prefeito Marquinhos Trad (PSD) nesta terça-feira (15) para discutir um projeto para a inclusão de intérpretes de Libras (Língua Brasileira de Sinais) 24 horas em ao menos uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Campo Grande. Vereadores têm projetos de lei semelhantes sobre o mesmo assunto e o objetivo é discutir a possibilidade de ‘juntar’ as ideias em um só.

Segundo o vereador Otávio Trad (PTB), o pedido veio da Associação de Pais e Amigos de Surdos. Ele afirma que o atendimento de pessoas surdas fica prejudicado pela falta de um intérprete, ainda mais em uma área tão essencial como a saúde.

Segundo ele, os vereadores Carlão (PSB), Cazuza (PP), Delegado Wellington (PSDB), Dr. Cury (SD), Ayrton Araújo (PT), Júnior Longo (PSB), João César Mattogrosso (PSDB), Ademir Santana (PDT) e André Salineiro (PSDB) também tinham projetos parecidos, que poderiam anular um ao outro. O objetivo é ‘afinar as ideias’ para apresentar um projeto só.

Mais notícias