Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Com voto certo do PSDB, Coronel David assume Comissão de Segurança da ALMS

Cabo Almi disputava vaga com o membro do PSL

O deputado estadual Coronel David (PSL) assumirá a presidência da Comissão de Segurança da ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul). A informação foi dada pelo deputado Marçal Filho (PSDB) durante a sessão desta terça-feira (12).

Disputavam pela presidência o parlamentar e o deputado estadual Cabo Almi (PT), que presidiu a comissão nos últimos oito anos. “Eu entendi que deveria ser mesmo o David. O Marçal Filho já havia anunciado que votaria nele, então para que insistir na disputa?”, brincou o deputado petista.

Almi era o indicado do chamado bloco G9, composto pelos membros do PT (Pedro Kemp e Almi), MDB (Eduardo Rocha, Márcio Fernandes e Renato Câmara), DEM (Barbosinha e Zé Teixeira), Patriota (Lídio Lopes) e Jamilson Name (PDT); e David, do G10, composto por Herculano Borges (SD) e todos os deputados recém-empossados: do PSL (Coronel David e Capitão Contar), PR (Londres Machado e João Henrique), do PP (Evander Vendramini e Gerson Claro), PTB (Neno Razuk), Lucas de Lima (SD) e Antônio Vaz (PRB).

A bancada do PSDB decidiu não participar da disputa. Além de ser presidida por David, a Comissão terá como vice o Cabo Almi e membros os deputados Marçal Filho (PSDB), Capitão Contar e Barbosinha (DEM).

Segurança na fronteira e presídios

Presidente, David disse que tentará junto com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) uma reunião com o ministro Sérgio Moro e o presidente Jair Bolsonaro o mais rápido possível para tratar da segurança na fronteira do Estado.

“É a nossa questão mais urgente. Como membro do partido do presidente, entendo que posso contribuir para o diálogo com o governo do Estado, ajudando no trabalho pela segurança das nossas fronteiras. Na época da eleição, o presidente visitou Dourados comigo e com o presidente do partido, Rodolfo Nogueira, e ficou admirado com o trabalho dos nossos homens e mulheres do DOF (Departamento de Operações de Fronteira. Eu tenho certeza que esta é uma prioridade para o presidente também”, disse David.

Outra questão a ser discutida com o presidente é sobre a entrega de presídios em MS. “Com o endurecimento da lei penal, aumenta o número de pessoas encarceradas e nós precisamos também da conclusão dos presídios aqui do Estado, como o da Gameleira. Vamos discutir essas questões todas assim que possível”, ressaltou.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...