Câmara vota projeto que obriga placa em obra paralisada e outras 7 propostas na terça-feira

Também estão pautadas votações de homenagens e medalhas

Oito projetos de leis estão pautados para votação na Câmara Municipal de Campo Grande, na sessão de terça-feira (24), a primeira da semana.

Uma das propostas cria o Composta Campo Grande, programa de incentivo à prática de compostagem de orgânicos de casas, instituições públicas e privadas, além de condomínios residenciais.

Os vereadores vão votar o projeto que coloca o nome de José Marcos da Fonseca, ex-secretário da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente) que faleceu em 2 de junho, na praça onde está o Monumento Maria Fumaça, localizado na Avenida Calógeras entre a Mato Grosso e Rua Antônio Maria Coelho.

Ainda na sessão, será avaliada medida que pode obrigar o município a colocar placa em obra pública paralisada, contendo os motivos da interrupção e a data estimada da retomada.

O Dia Municipal de Conscientização e Enfrentamento à Fibromialgia e a Semana Municipal de Prevenção e Diagnóstico do Câncer Infantil serão votados também. Também está na pauta o projeto de lei que institui a Medalha Legislativa Cadu Bortolot e o que inclui o profissional fonoaudiólogo na data comemorativa do fisioterapeuta ocupacional.

Mais notícias