Câmara apresenta projeto para reajustar salário de prefeito, vereadores e secretários em 28%

Conforme a justificativa, estes servidores não têm reajuste salarial desde 2012

A Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo, distante 102 quilômetros de Campo Grande, apresentou projeto de lei de número 022/19 para reajustar o salário dos vereadores, prefeito, vice e secretários em 28%. Se for aprovado, os reajustes só serão contabilizados em 2021, quando inicia a nova legislatura municipal. 

O projeto de lei foi lido em sessão realizada ontem (8), na Câmara Municipal. Conforme a proposta da Mesa Diretora, o salário do prefeito, a partir de 2021 será de R$ 19.920,70; do vice-prefeito, R$ 9.960,34; secretários municipais, R$ 7.370,64 e dos vereadores, R$ 7.552,00. 

Quem assina o projeto é o presidente da Casa de Leis, Paulo Henrique Pereira da Silva (PL), a primeira secretária, Fabiana Galvão (Patri) e o segundo secretário, Lourenço José da Silva (PL), conforme documento divulgados pelo site Rio Pardo News.

Conforme a justificativa apresentada para criação da proposta, desde 2012 não o salário destes servidores públicos não tem reajuste. Em 2016, a Câmara tentou aumentar, mas devido a ações populares, o projeto foi arquivado. A Mesa ainda diz que se fosse levado em conta a inflação, o salário do vereador subiria para R$ 8.565,48, mais de 45% de reajuste.

Atualmente, o prefeito Paulo Tucura (DEM), recebe R$ 15.563,05. O vice-prefeito, Luiz Carlos Dutra (PDT), ganha R$ 7.781,52. São onze vereadores e cada um recebe R$ 5.900,00. 

São oito secretários municipais, um procurador jurídico e um coordenador de comunicação. Segundo o projeto, todos eles terão direito ao reajuste também. A proposta segue para as comissões, antes de ir ao plenário para votação. A próxima sessão está marcada para segunda-feira, 15 de outubro, às 19h.

Mais notícias