Bolsonaro e presidente do Chile firmam compromisso para construção da Rota Bioceânica

Encontro de presidentes ocorreu na semana passada, quando os dois confirmaram o compromisso

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e o presidente do chileno, Sebástian Piñera, durante Cúpula Presidencial de Integração Sul-Americana, em Santiago, no Chile (Foto: Marcos Corrêa/PR)

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o presidente do Chile, Sebastián Piñera, reafirmaram o compromisso de construir o corredor que irá unir o Centro-Oeste do Brasil com os portos do Norte do Chile, a chamada Rota Bioceânica.

Em visita ao Chile, durante a semana passada, Bolsonaro e Piñera assinaram uma declaração conjunta, na qual os dois países se comprometem com a obra, que passa pela ponte a ser construída entre o município sul-mato-grossense de Porto Murtinho e a cidade paraguaia de Carmelo Peralta, seguindo pelo Chaco paraguaio e o noroeste argentino.

Na declaração, os presidentes reconhecem os avanços registrados na implementação do projeto e os benefícios que essa iniciativa trará às populações que atravessa.

“Nós aguardávamos com ansiedade esse posicionamento do governo chileno com relação ao corredor rodoviário que irá passar por Porto Murtinho. O compromisso para viabilizar essa rota, reafirmado pelos dois governos, é fundamental para o Mato Grosso do Sul, pois ocorre no momento em que foram iniciados os trabalhos entre o Brasil e a Itaipu-Paraguai, com a definição do local onde será construída a ponte sobre o Rio Paraguai”, declarou o titular da Semagro ((Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Jaime Verruck, por meio de sua assessoria.

Ainda segundo a declaração assinada pelos presidentes, Brasil e Chile comprometem-se a impulsionar o aperfeiçoamento da integração econômica, com vistas a estabelecer uma área de livre comércio de nova geração entre os Estados-partes do Mercosul e os países-membros da Aliança do Pacífico, e celebram o marco da conclusão, em 1º de janeiro de 2019, do cronograma de liberalização dos acordos comerciais assinados pelo Mercosul com seus Estados associados.

A construção da ponte que irá ligar Porto Murtinho ao município paraguaio de Carmelo Peralta será iniciada em fevereiro de 2020, conforme decidido após visita técnica ao ponto do rio Paraguai, onde será feita a obra, na última terça-feira (19).

A ponte concretiza o projeto da Rila (Rota de Integração Latino-Americana). Segundo Verruck, o grupo espera concluir todos os projetos e trâmites burocráticos em 12 meses. Já conforme a diretoria da Itaipu no Paraguai, a pretensão é inaugurar a ponte em agosto de 2023. (Com assessoria)

Mais notícias