Audiência na Câmara Municipal vai discutir fechamento de escolas estaduais

A Câmara Municipal de Campo Grande realiza na segunda-feira (2), a partir das 9h, uma audiência pública para discutir os impactos do fechamento de escolas públicas estaduais em Campo Grande. O evento acontecerá no plenário Olive Enciso e é aberto ao público,

O debate foi convocado pela Comissão Permanentes de Assistência Social e do Idoso da Câmara, composta pelos vereadores Betinho (Republicanos), Cida Amaral (Pros), Valdir Gomes (PP), Pastor Jeremias Flores (Avante) e Dr. Loester (MDB).

Desde o início da gestão do atual Governo do Estado, sete escolas estaduais fecharam em Mato Grosso do Sul. Em Campo Grande, foram as escolas Riachuelo, Zamenhof, Professor Otaviano Gonçalves da Silveira Junior, Professor Carlos Henrique Schrader e o Ensino Médio noturno da escola José Barbosa Rodrigues.

Já em Camapuã, foi fechada a escola Abadia Faustino, enquanto que as escolas estaduais Advogado Demosthenes Martins, Profª Hilda de Souza Ferreira, na Coophatrabalho, e Nicolau Fragelli, no bairro São Francisco, devem se tornar escolas municipais.

“Entendemos a necessidade da redução de gastos, mas quando falamos de educação, o aspecto meramente econômico não pode ser o argumento mais forte, os resultados merecem ser valorizados”, pontua o presidente da comissão, Betinho.

Mais notícias