Após indefinição no PP, presidentes marcam reunião para discutir eleições de 2020

Vereador Valdir Gomes, do PP, afirmou que legenda está parada no tempo e teme pelo pleito eleitoral do ano que vem

“O partido está se organizando, tem trabalho”, respondeu o vereador Cazuza, presidente do PP em Campo Grande. O colega de bancada na Câmara Municipal, vereador Valdir Gomes, afirmou que não via movimentação da direção municipal e estadual e temia o rumo que pode ter as eleições de 2020.

Segundo o dirigente municipal, uma reunião regional está marcada para 22 de novembro, quando serão discutidos temas relacionados ao próximo pleito, como a possibilidade de ter candidatura própria ou apoio a outra legenda, por exemplo.

“Nós estamos trabalhando, construindo chapa para poder ter vereadores e nomes fortes para concorrer”. Cazuza afirma que a direção nacional do PP quer candidato a prefeito em todas as capitais, mas, no que diz respeito a Campo Grande, a questão não está definida.

Presidente regional do PP, deputado Evander Vendramini. (Renata Volpe, Midiamax)

Sobre a fala de Valdir, o presidente só disse que é natural os parlamentares da mesma bancada pensarem diferente, “mas o partido está trabalhando”.

Na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, o deputado Evander Vendramini, que preside o Partido Progressista em MS, afirmou que Valdir talvez não esteja conseguindo acompanhar, mas estão sendo feitas ações nos municípios, com intuito de reativar os diretórios e fortalecê-los.

“Em Campo Grande, a gente auxilia a chapa de vereadores, mas é competência do municipal. Valdir é membro e tem todo o direito de construir e trazer as pessoas que ele deseja. A gente quer que ele participe, é grande nome para vereador e prefeito”.

Mais notícias