Após deixar PDT, Odilon avalia disputar prefeitura da Capital, Dourados ou Três Lagoas

Juiz federal aposentado e ex-candidato ao Governo do Estado é o entrevistado desta segunda-feira (22) do Midiamax Entrevista

Após deixar o PDT, o juiz federal aposentado Odilon de Oliveira teria recebido convites para disputar a Prefeitura de Campo Grande, Dourados e também Três Lagoas, segundo informação do filho, vereador Odilon Júnior (PDT) durante a sessão desta terça-feira (16).

“Mau pai recebeu bons convites, incluindo Três Lagoas e Dourados. Vamos realizar um processo de análise desses convites, mas ainda é muito cedo. Lá por outubro, respeitando o prazo eleitoral até para a realização de pesquisas, nós vamos fazer esses levantamentos”, disse.

A família não revela, no entanto, para qual partido pode ir. Isso porque o vereador Odilon informou que aguarda a janela partidária para deixar a sigla. “A não ser que eu seja expulso antes”, ironizou.

Odilon Oliveira ficou em segundo lugar nas eleições ao governo do Estado em 2018. Em abril deste ano, o filho anunciou ter renunciado à presidência municipal da sigla.

O parlamentar leu a carta se despedindo do posto durante a sessão na Câmara Municipal de Campo Grande e confirmou que aguarda janela partidária para buscar outro partido.

Júnior destacou que a medida serve para ‘dar oportunidade para o partido fazer com liberdade a construção partidária que ele quer fazer’. “Nós vamos focar no mandato e eu tenho que resolver umas questões pessoais”, resumiu à época.

A saída é considerada pelos políticos como mais um passo rumo ao PSD, onde atualmente está a família Trad. A evidência mais recente de aproximação do clã foi a indicação do titular da Sedesc na Prefeitura de Campo Grande, que era do grupo do PDT.

Mais notícias