TRE-MS aprova com ressalvas contas de campanha de Reinaldo Azambuja

Direção Estadual do PSDB assumiu dívida de R$ 499.950

(Foto: Divulgação/PSDB)

O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral) aprovou, por unanimidade e com ressalvas, a prestação de contas da campanha à reeleição do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e do vice, Murilo Zauith (DEM). Com a aprovação, Reinaldo poderá receber o diploma de governador reeleito na próxima sexta-feira (14), última formalidade antes da posse, marcada para 1° de janeiro.

A Coordenadoria de Controle Externo e Auditoria do TRE-MS emitiu parecer técnico conclusivo pela aprovação com ressalvas das contas. O parecer mencionou inconsistências nas explicações sobre dívidas da campanha do tucano.

Reinaldo encerrou a campanha com arrecadação de R$ R$ 4.036.388,21 e despesas de R$ 4.536.338,21. A inconsistência, também mencionada pela PRE (Procuradoria Regional Eleitoral), seria a dívida de R$ 499.950 deixada pelo tucano.

No entanto, para regularizar a situação, o Diretório Estadual do PSDB assumiu a dívida, firmando compromisso arcar com o saldo devedor da campanha com cada prestador de serviço.

Diante do acordo, o juiz eleitoral Clorisvaldo Rodrigues dos Santos entendeu pela aprovação com ressalvas das contas. A cerimônia de diplomação de Reinaldo e Murilo Zauith acontece às 19h30 no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, em Campo Grande, com a presença de diversos políticos e autoridades.

Mais notícias