Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

R$ 1,2 milhão: governador assina termo de adesão do bolsa-atleta e bolsa-técnico

Entre os beneficiários tem até pentacampeã olímpica

Quem poderia imaginar que um tiro no peito, disparado pelo ex-marido, poderia mudar – para melhor, apesar das consequências – a vida de uma mulher grávida de 1 mês, e até torna-la campeã olímpica de tiro adaptado? Essa é apenas uma parte da história da atleta sul-mato-grossense Clenilza Barbosa Gonçalves, de 44 anos.

Beneficiária do Programa Bolsa-Atleta, Clenilza foi campeã olímpica de tiro de carabina por cinco vezes consecutivas, tudo isso em cima de uma cadeira de rodas. Ao lado do filho, ela assinou, nesta quarta-feira (25), a adesão ao Programa Bolsa-Atleta, da Fundesporte (Fundação do Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul).

“Há 13 anos, levei um tiro no peito que causou uma lesão medular e me deixou na cadeira de rodas”, disse a atleta, mãe de cinco filhos. Com movimentos limitados, ela disse “às vezes as pessoas chegam na minha casa e me encontram até carpindo lote”, complementou.

Ansiosa por duas competições nacionais, uma delas no Rio de Janeiro, Clenilza encontrou no esporte um novo direcionamento para sua vida. Durante as competições, ela mantém todo o foco e garante não pensar em ninguém na hora de atirar. “O tiro é 50% da arma e 50% do competidor. É preciso muita concentração e manter o foco até atingir o objetivo.

Na solenidade, com a presença do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e do diretor-presidente da Fundação, Marcelo Miranda, 190 esportistas, entre atletas e técnicos, também assinaram a adesão ao programa.

“Esse incentivo vem num momento muito importante. A maioria dos estados está cortando [recursos], enxugando e não criando novos incentivos, enquanto Mato Grosso do Sul, além de investir no esporte, cria uma bolsa inédita para todo o Estado”, destacou o tucano.

Pelo programa, segundo Azambuja, serão distribuídos 1,2 milhão durante 12 meses. Na categoria estudantil, o governo estadual viabilizou 100 bolsas com auxílio de R$ 350. Outras 50 bolsas para a categoria nacional, com auxílio de R$ 800, 20 bolsas-pódio também de R$ 800, além de 10 bolsas-técnico no valor de R$ 500 e outras 10 na categoria bolsa-técnico nacional cujo valor é de R$ 700.

 

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...