Precarização no curso de medicina da UEMS será discutido em audiência pública

Discussão ocorre na segunda-feira (25) a partir das 8h30

Audiência pública na próxima segunda-feira (25) discutirá os problemas na infraestrutura do curso de medicina da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul). A reunião, proposta pelo deputado Paulo Siufi (PSDB), ocorre a partir das 8h30 na Assembleia Legislativa, mas também pode ser assistida pela página oficial da Casa de Leis nas redes sociais.

A infraestrutura precária causou, inclusive, a suspensão temporária das aulas por duas semanas, por decisão dos professores, logo após protestos dos alunos em frente a Governadoria, no Parque dos Poderes, no dia 25 de maio.

Os acadêmicos denunciaram ausência de materiais básicos para as aulas de anatomia, como, por exemplo, microscópio e laboratórios específicos.

Os estudantes também denunciaram sofre a falta de professores e, por isso, a direção da universidade adiantou realização de concurso público para aumentar o número de docentes, tendo em vista o funcionamento do curso. A previsão é que os novos docentes já iniciem as atividades no segundo semestre de 2018.

Além das 10 vagas previstas no certame, outros oito médicos também foram cedidos pela Prefeitura de Campo Grande, Hospital Regional e Secretaria de Estado de Saúde. Para garantir o retorno das aulas, a UEMS ainda adquiriu lâminas, banquetas e balcão para uso em laboratório.

Mais notícias