‘Mulher vota em mulher’: movimento discute representatividade na política

Movimento foi idealizado por professora universitária

Mulheres que decidiram só votar em mulheres se mobilizam para atrair outras interessadas em participar do manifesto “mulher vota em mulher ”. A primeira reunião do movimento ocorre na tarde deste sábado (5), em Campo Grande.

A ideia é a da professora universitária e coordenadora-geral do Sista-MS (Sindicato dos Trabalhadores da UFMS e Institutos Federais de Ensino de MS), Cléo Gomes. O objetivo é criar uma campanha inédita na política, para que o quadro predominantemente masculino se reverta.

“Esse manifesto popular Mulher Vota em Mulher precisa ganhar corpo, nós precisamos de representação política, por isso devemos conhecer outras mulheres que querem concorrer às eleições e apoia-las, somente assim vamos mudar esse cenário”, explica.

A reunião do grupo está marcada para às 17 horas de hoje no Sinticop-MS, na Rua Vicente Solari, 97, na Vila Bandeirantes. Além das integrantes do movimento, pré-candidatas a cargos políticos também participarão do encontro.

Mais notícias