Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Harfouche confirma e será o 6º candidato ao Governo do Estado

Procurador confirmou que será o candidato do PSC

O procurador de justiça Sérgio Harfouche anunciou, na tarde desta sexta-feira (27), que é o candidato do PSC ao Governo do Estado. Com a confirmação de Harfouche, já são seis candidatos que concorrerão ao comando de Mato Grosso do Sul em outubro.

Já estão confirmadas as candidaturas de Reinaldo Azambuja, do PSDB, André Puccinelli (MDB), Odilon de Oliveira (PDT), Huberto Amaducci (PT), e o PSOL, com João Alfredo.

O procurador convocou a imprensa para entrevista coletiva em sua casa, na Vila Planalto. Harfouche se define como a “quarta via” ao Governo. O vice na chapa do PSC ainda não foi definido e deve ser anunciado na convenção do partido, em 4 de agosto.

Tendo como foco da campanha a família, o procurador ficou conhecido ao fazer palestras pelo Estado e até dar nome a lei estadual que prevê punições a alunos flagrados causando danos no patrimônio escolar.

Harfouche afirmou que durante a campanha eleitoral irá focar ações nos eleitores que estão indecisos ou que não querem escolher nenhum candidato na urna. “Se sou capaz de governar minha família, sou capaz de governar o Estado”, disse ao ser questionado sobre seu plano de governo.

O procurador também lembrou que está perto de se aposentar do MPE-MS (Ministério Público Estadual), onde construiu carreira e se licenciou recentemente para concorrer às eleições.

Outdoor

Alvo de ação do MPF (Ministério Público Federal) por campanha antecipada com publicidade em outdoors, Harfouche se defendeu afirmando que não há dispositivo legal no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que o impeça de veicular os painéis.

“A denúncia do MPF é uma suposição, para ser condenado, não basta uma coincidência, o ministério precisa comprovar o dolo”, finalizou.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...