‘É um absurdo’, dispara Marun sobre celular clonado por hacker ladrão

Ministro disse que já acionou PF e Abin

O ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun (MDB), revelou que já procurou a Polícia Federal e a Abin (Agência Brasileira de Inteligência) para denunciar e pedir providencias sobre a clonagem de sua linha de telefonia móvel.

O hacker que clonou o celular de Marun envia mensagens em nome do político pedindo dinheiro dos destinatários, por meio de depósito em conta.

“Ele está roubando as pessoas. É um absurdo um ministro que despacha no Palácio do Planalto ter seu telefone clonado e o Estado não ter tecnologia para acabar com isso”, disparou o ministro durante agenda pública na Capital, na manhã desta sexta-feira (16).

Diante do fato, o ministro destacou a importância da criação do ministério da Segurança Pública. Amigos e familiares do político teriam sido alvos do hacker que clonou seu aparelho telefônico.

Mais notícias