Política

e-Título: Saiba como usar o aplicativo no celular como título de eleitor

As eleições acontecem neste domingo (7) e os eleitores que fizeram a biometria podem estrear um novo serviço: o e-Título. O aplicativo, disponível gratuitamente para smartphones com sistema iOs ou Android, pode ser usado como substituto do título de eleitor na hora da votação. O aplicativo foi desenvolvido pela Justiça Eleitoral e traz dados da […]

Mylena Rocha Publicado em 06/10/2018, às 17h07

Foto: TSE
Foto: TSE - Foto: TSE

As eleições acontecem neste domingo (7) e os eleitores que fizeram a biometria podem estrear um novo serviço: o e-Título. O aplicativo, disponível gratuitamente para smartphones com sistema iOs ou Android, pode ser usado como substituto do título de eleitor na hora da votação.

O aplicativo foi desenvolvido pela Justiça Eleitoral e traz dados da zona eleitoral do usuário e a situação cadastral do eleitor em tempo real. Depois de baixar, o eleitor precisa apenas inserir os dados pessoais.

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) ressalta que é importante que o eleitor preencha os dados exatamente como está registrado no Cadastro Eleitoral. “Pois, na hora de preencher os dados no aplicativo, se houver preenchimento de alguma informação em discordância com aquela lançada no documento original, o sistema não validará o cadastro. Portanto, é preciso estar atento a esse importante detalhe”, disse.

O tribunal ainda alerta que os eleitores que fizeram o recadastramento biométrico já terão uma foto no aplicativo para a identificação na hora do voto. Caso o eleitor ainda não tenha feito a biometria, a versão do e-Título será baixada sem a foto. Nesse caso, o eleitor está obrigado a levar outro documento oficial com foto para se identificar ao mesário durante a votação.

Jornal Midiamax