Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

De olho em aliados do MDB, PDT adia registro de candidatura da coligação

Partido de Odilon de Oliveira tenta conquistar novos aliados

A direção regional do PDT decidiu adiar o registro da candidatura da coligação que concorrerá nas urnas em outubro. A decisão se deu depois da desistência de Simone Tebet ao Governo pelo MDB, os pedetistas negociam com partidos que podem migrar de coligação após a desistência.

Por meio de nota, a assessoria de imprensa de Odilon de Oliveira, candidato ao Governo pelo PDT, afirmou que o ato de entrega do protocolo do registro da coligação Esperança e Mudança que ocorreria na tarde desta segunda-feira (13) foi adiada para a quarta-feira (15).

“O adiamento se fez necessário em razão de negociações com outros partidos políticos que devem apoiar o candidato do PDT, com a decisão da desistência da candidatura da senadora Simone Tebet”, afirma o partido.

Desistência

A senadora Simone Tebet alegou razões pessoais para desistir, na noite deste domingo (12), de concorrer ao cargo de governadora por Mato Grosso do Sul.

A princípio, Sergio Harfouche seria candidato ao Senado pelo PSC, depois se lançou ao governo, em outro momento foi apontado como o candidato a vice do MDB e agora pode voltar com a candidatura ao governo.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...