DATAmax: liderança é fruto do meu trabalho no governo, diz Zeca do PT

Ex-governador diz que povo tem “boa lembrança”

Líder na pesquisa espontânea do Instituto DATAmax de intenção de voto ao Senado, o ex-governador Zeca do PT credita o resultado ao trabalho realizado quando chefe do Executivo estadual, que deixou “boas lembranças” nos eleitores da Capital.

“É fruto do meu trabalho com os mais humildes através dos programas sociais. Em Campo Grande tínhamos 20 mil famílias protegidas pela Bolsa Escola, pelo Segurança Alimentar e Restaurante Popular”, disse Zeca ao Jornal Midiamax nesta sexta-feira (13).  “Além do trabalho e tratamento respeitoso que nós tivemos com a valorização dos servidores públicos”.

Sobre o fato de a cada 100 eleitores, quase 95 não saberem em quem votar ou declararem que vão anular seu voto para senador, o ex-governador acredita que esse “distanciamento” ocorre devido ao tempo que existe até o pleito de outubro.

“É normal esse distanciamento do povo com a política, com as eleições, que está distante. Na medida em que o processo acontece, com os debates e apresentação das chapas, candidatos, programas no rádio e televisão as pessoas vão percebendo a importância de participar, porque é o exercício da cidadania”, explica Zeca.

Mesmo assim, o pré-candidato está na estrada em busca de melhorar o seu índice de votos. “Estou agora em Rio Brilhante, à tarde em Maracaju e à noite em Ponta Porã, olho no olho como sempre fiz, não tenho dinheiro, tenho compromisso e um passado tranquilo de trabalho que o povo reconhece”, conclui.

Senado

O Jornal Midiamax divulga nesta sexta-feira (13) o resultado da pesquisa espontânea, realizada pelo Instituto DATAmax, de intenção de voto do eleitor de Campo Grande para o cargo de Senador de República, que este ano terá duas vagas em disputa.

Pelo menos 16 possíveis candidatos foram lembrados na espontânea, quando o entrevistador apenas questiona, sem sugerir nomes, a opção de voto do eleitor.

Quem lidera, faltando pouco menos de seis meses para o pleito, a corrida para o Senado é o ex-governador e atual deputado federal, Zeca do PT, que tem 1% da intenção de voto do eleitor da Capital.

Em segundo está o ex-prefeito Nelsinho Trad (PTB), com 0,7%, em terceiro a senadora Simone Tebet (MDB), com 0,6% (ela não será candidata este ano pois ainda no meio do atual mandato).

O número de eleitores que não sabem em quem votar é de 82,6%, enquanto aqueles que declaram que votarão branco, nulo ou em ninguém somam 12,2%, perfazendo um total de 94,8%.

Nas duas últimas eleições, em 2014 e 2016, o DATAmax ‘cravou’ o resultado final das urnas. Foram entrevistados 804 eleitores em Campo Grande, entre os dias 5 a 8 de abril e a margem de confiança da pesquisa é de 95%, e a margem de erros é de 3,5% para mais ou para menos.

Mais notícias