Câmara recebe denúncia contra prefeito por supostas irregularidades em concurso público

Por 5 votos a 3, a Câmara Municipal de Aparecida do Taboado, cidade a 444 quilômetros de Campo Grande, aceitou denúncia contra o prefeito José Robson Samara (PSB) em relação a denúncia do Ministério Público Estadual por infrações político-administrativas no último concurso público do município.

A denúncia feita pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipal, pede o afastamento do prefeito, cassação do mandato de prefeito e a inabilitação para exercer função pública. A Câmara então formou uma Comissão Processante em sorteio.

De acordo com o site CostaLesteNews, o presidente da Câmara deverá repassar a denúncia à comissão na próxima segunda-feira (19) e a partir daí ela terá 5 dias para notificar o prefeito.

José Robson terá 10 dias para apresentar defesa por escrito, indicar provas e arrolar até 8 testemunhas. Posteriormente, a comissão terá 5 dias para emitir o parecer opinando pelo prosseguimento ou arquivamento da denúncia.

Em caso de prosseguimento, a comissão pode pedir afastamento do prefeito até a conclusão da investigação. Mas se decidirem pelo arquivamento, a decisão será submetida à nova votação do plenário. O processo tem o prazo de 120 dias para ser concluído. (Foto: Costa Leste News)

Mais notícias