Bolsonaro amplia vantagem e chega a 49,6% de votos válidos em MS, aponta DATAmax

Haddad lidera índice de rejeição

Às vésperas do 1° turno das eleições gerais de 2018, que acontece amanhã, domingo (7), o Jornal Midiamax divulga neste sábado (6) a nova pesquisa do Instituto DATAmax para intenção de voto para a Presidência da República. O candidato do PSL, Jair Bolsonaro, lidera a corrida entre os eleitores sul-mato-grossenses.

De acordo com pesquisa estimulada, considerando apenas votos válidos (excluídos brancos, nulos e indecisos), Bolsonaro tem 49,6% da intenção de voto do sul-mato-grossense, em segundo aparece  o candidato do PT, Fernando Haddad, com 23,9%. Considerando a margem de erros, de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, Bolsonaro teria entre 47,6% a 51,6%, e o petista entre 21,9% a 25,9%.

Em terceiro aparece Geraldo Alckmin (PSDB), com 8,1%, seguido por Ciro Gomes (PDT), com 6,9%, Marina Silva (REDE), com 2,6%, Henrique Meirelles (MDB), com 2,2%, João Amoedo (NOVO) também com 2,2%, Álvaro Dias (PODE), tem 1,5%, mesmo percentual de Cabo Daciolo (Patriota). Guilherme Boulos (PSOL) tem 0,9%, Vera Lúcia (PSTU) tem 0,3%, Eymael (DC) e João Goulart Filho (PPL) têm 0,2%.

Na intenção estimulada para presidente da República, Bolsonaro tem 41,3%, Haddad 19,9%, Alckmin 6,7%, Ciro 5,8%, Marina chega a 2,2%. Meirelles e Amoêdo empatam com 1,8%. Dias e Daciolo ficam com 1,2%. Boulos tem 0,8%. Vera e Eymael 0,2% e João Goulart Filho registra 0,1%. Eleitores que não escolheram nenhum, ou que declaram votar branco ou nulo são 5,6%, e 11,2 não souberam ou não quiseram responder.

Rejeição

O DATAmax também registrou índice de rejeição dos candidatos ao Palácio do Planalto. Haddad é o mais rejeitado pelo eleitor de MS, ele lidera o ranking com 30,7%, Bolsonaro aparece com 27,8%, Marina com 5,2%, Alckmin 3,1% de rejeição, Ciro tem 2,5% e Meirelles 2%.

Completam a lista da rejeição estimulada, Cabo Daciolo, com 0,9%, Boulos com 0,7%, Álvaro Dias e Amoêdo com 0,5%, Eymael com 0,4%, Vera com 0,3% e João Goulart Filho com 0,1%. 2,7% dos eleitores rejeitam todos os candidatos, 6,7% não rejeitam nenhum e 15,9% não souberam ou não quiseram responder.

A pesquisa foi realizada em 40 municípios de Mato Grosso do Sul, entre os dias 3 a 5 de outubro e ouviu 2.282 eleitores. A margem de erros é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, e nível de confiança de 95%. O levantamento foi registrado sob os números MS-06677/2018, no TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral), e BR-02319/2018, no TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Mais notícias