Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Após apoio do MDB, Correa terá reunião com ‘G5’, grupo do PP, SD e deputado do PSL

Indicado do PSDB busca apoio para presidência da ALMS

(Com Maisse Cunha)

Após o deputado estadual Paulo Correa (PSDB) ser anunciado como o candidato tucano à disputa para a presidência da ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) e conseguir o apoio do MDB, o parlamentar já marcou reunião nesta quarta-feira (05) com o ‘G5’, nome dado ao bloco formado pelos deputados do PP, Evander Vendramini e Gerson Claro; do SD, Herculano Borges e Lucas de Lima e do PSL, Coronel David.

O encontro acontece na sede do PSDB às 13h30. “Vou negociar com quem tiver que negociar. Estou aberto ao diálogo”, disse.

Na disputa para unir votos está Onevan de Matos, também do PSDB. Em coletiva, o deputado afirmou que buscará apoio para também disputar a eleição da Casa. E se não for o indicado por este grupo, deve apoiá-lo mesmo assim.

Matos convocou a imprensa para fazer o pronunciamento. Na disputa para ser o candidato indicado, Onevan acabou sendo excluído pelo deputado Correa, que mudou durante a janela partidária aberta neste ano, em abril, para o ninho tucano.

“O governo sempre disse que não ia interferir na escolha. Acontece que o governador permitiu que o Beto Pereira e o Sérgio de Paula, diretamente ligado ao governador, que eles tivessem a anuência dele para interferir no ´processo. Isso apesar do governo sempre afirmar que tudo seria conduzido pela bancada do PSDB aqui na Casa”, reclamou.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...