Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

AGORA: Barroso também é contra HC de Lula; placar do STF está 3 a 1

Gilmar Mendes é o único favorável a Lula até agora

O ministro Luís Roberto Barroso votou contra concessão de habeas corpus ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O quarto a votar na sessão do STF (Supremo Tribunal Federal), Barroso manteve o placar contrário a Lula em 3 votos a 1.

Durante a leitura do voto, Barroso ressaltou que era importante reforçar que o STF não se tratava de uma “quarta instância de julgamento”. O ministro também criticou o sistema judiciário.  “Nós não prendemos os verdadeiros bandidos do Brasil”, disparou o ministro.

Especificamente sobre a concessão do habeas corpus, Barroso afirmou que não há necessidade de trânsito em julgado para prisões, de acordo com a Constituição Brasileira. “Depois da condenação em 2º grau não é mais possível discutir nem a autoria nem a materialidade do crime”. 

Anteriormente, votaram os ministros Edson Fachin (contra), Gilmar Mendes (a favor) e Alexandre de Moraes (contra) à concessão de habeas corpus a Lula. Fachin é o relator do caso no STF.

Se o habeas corpus não for concedido, Lula pode ser prazo porque foi condenado em 2ª instância em processo que apurou envolvimento do ex-presidente em compra de tríplex no Guarujá (SP).

Você pode gostar também