Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Resende diz que Miglioli é ‘inexperiente’ e desmente nome fechado para Senado

Miglioli afirmou que nome dele já estava definido para disputa ao Senado

Diferente do que afirmou o ex-secretário de Obras do Estado, Marcelo Miglioli (PSDB), nesta manhã, a disputa interna do partido tucano para a escolha do candidato ao Senado da República parece ainda estar em aberto. Deputado federal interessado na vaga, Geraldo Resende (PSDB) rebateu o ex-secretário, afirmando que Miglioli é “inexperiente” politicamente e não tem “traquejo”.

Mais cedo, durante agenda pública em Campo Grande, Miglioli afirmou que “o pré-candidato ao Senado pelo PSDB sou eu”. O ex-secretário afirmou que grupo tucano já definiu a escolha e que, inclusive, a segunda vaga ao Senado seria destinada à coligação, provavelmente a Nelsinho Trad (PTB).

Descontente com a declaração do colega de partido, Geraldo Resende afirmou ao Jornal Midiamax que faz parte da direção do PSDB e que a escolha de Miglioli em “nenhum momento” foi discutida.

“Não sei de onde ele tirou essa decisão. O nome dele não está definido, a não ser que sejam reuniões entre quatro paredes e esse não foi o compromisso do governador. O partido tem nomes específicos, a gente precisa de construir isso, uma candidatura de baixo para cima”, afirmou Resende.

Ainda segundo o deputado, a escolha para a disputa ao Senado precisa estar baseada, principalmente, em uma figura que tenha “lastro popular, que já foi testada em eleições consecutivas”, como é o caso do deputado.

Questionado sobre o motivo da fala de Miglioli, Geraldo não poupou críticas ao colega. “Me causou muita estranheza essa declaração, talvez seja pela inexperiência política e falta de traquejo do ex-secretário”, disparou Resende.

A decisão final sobre a disputa ao Senado só deve sair após a convenção do partido, no final do mês de julho.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...