Projeto cria ‘Áreas de Livre Comércio’ nas fronteiras de MS com Paraguai e Bolívia

diz que a economia desses municípios pode ser estimulada

O senador (PSC-MS) apresentou um projeto de lei que cria “Áreas de Livre Comércio” em municípios de Mato Grosso do Sul que fazem fronteira com o Paraguai e a Bolívia. 

Corumbá, Ladário, Porto Murtinho, Caracol, Bela Vista, Antônio João, Ponta Porã, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Paranhos, Sete Quedas, Japorã e Mundo Novo estão no rol de cidades que poderão ter essas áreas.

 “Esse projeto [PL 434/2017] irá contribuir decisivamente para o desenvolvimento desses municípios”, disse o senador.

Para o parlamentar, a economia desses municípios pode ser estimulada por meio da concessão de isenções e benefícios fiscais, reduzindo preços dos produtos que chegam à região.

“Haverá uma movimentação intensa, o turismo será incrementado e, ainda contribuirá para um aumento na economia dessa área com a viabilização de recursos públicos”, afirmou.

“Os benefícios criados com a proposta dessas Áreas de Livre Comércio devem ser vistos como um estímulo do governo brasileiro para o desenvolvimento da região de fronteira. Haverá condições para novas oportunidades de negócios para os empresários locais, gerando emprego e renda, além de tornar os investimentos mais atrativos naquela importante área do Mato Grosso do Sul”. 

Projeto cria ‘Áreas de Livre Comércio’ nas fronteiras de MS com Paraguai e Bolívia
Mais notícias