Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

MPE-MS abre inquérito por suspeita de nepotismo cruzado em prefeitura

Denunciante apontou suposto nepotismo envolvendo parentes de vereadores

O MPE-MS (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul) instaurou um inquérito civil contra o prefeito de Anaurilândia, Edson Stefano Takazono (PMDB), por suposta prática de nepotismo cruzado.

De acordo com o processo investigativo, a denúncia partiu de um homem chamado José Roberto da Costa, que denunciou a prática de nepotismo por causa da nomeação de partentes de vereadores de Anaurilândia na Prefeitura.

Teriam sido nomeados Luzia Martins Neres, cônjuge de vereador Adair Alves Neres (PT);  Edemir Palmeira, irmão da vereadora Lucimara Auxiliadora Palmeira (PMDB); Kleber Gonçalves Destro, cunhado do vereador Guilherme Gomes Zandonadi (PT) e Luciano Marangon, cunhado do vereador Jorge Soares Santana (PMDB).

O MPE-MS agendou audiências com os parentes dos vereadores, para o início do próximo mês, e deu prazo de 15 dias úteis para que o prefeito Edson Takanozo apresente informações a respeito das denúncias.

O inquérito foi instaurado pelo promotor de Justiça Allan Thiago Barbosa Arakaki, da Promotoria de Justiça de Anaurilândia.

(com supervisão de Evelin Cáceres)

 

Você pode gostar também